Destes, gosto mesmo

Publicada por José Manuel Dias


Na sequência do convite da Cleopatra, a que tinha aludido aqui, atrevo-me a indicar os blogues que acompanho que o mesmo é dizer que gosto mesmo deles. Sem qualquer critério de ordenação, aqui ficam, com os meus gardecimentos aos respectivos autores: A nossa Candeia, da Ana Paula Fitas, A Barbearia do Sr. Luís, do Luis Novaes Tito, O Arrastão do Daniel Oliveira, Câmara Corporativa, do Miguel Abrantes, Machina Speculatrix, do Porfírio Silva, Branco no Branco, da Mdsol, Defender o Quadrado, da Sofia Loureiro dos Santos, Margem Esquerda, do Raúl Martins, Divas e Contrabaixos, da Maria Rosário Fardilha, eVentos Tecnológicos, do Filipe Silva, Memórias ao entardecer, da Veritas, Palavras entre palavras, do A. J. Faria, Visto da Economia, da Helena Garrido, Farinha Amparo, da Didas e da Rosarinho, Em pequenas doses, da Arábica, Espelho dos Sentidos, da Mim e ainda, como não podia deixar de ser, o Cleopatra Moon, da Cleopatra.

4 comentários:

  1. mdsol disse...

    Ohhhhhhhh
    Obrigada!

    :)))

  2. Arabica disse...

    Vinha para te ler dos dias atrasados e ...obrigada :)
    Sabes que é reciproco.


    Passa pelas Pequenas Doses, caso tenhas tempo. O sol brilhava. As janelas ganhavam nova cor. A re.construção também me passou pela ideia, perante a crise global.
    A fuga da cidade não significa que se deixe de pensar :)

    Um beijo.

  3. Porfirio Silva disse...

    Caro Amigo,
    Honra-me muito a tua escolha. Ainda para mais quando ela calha numa altura em que estou a dar pouca atenção ao blogue, por outros trabalhos estarem em grande agitação. Honra reforçada por conhecer o calibre do homem do COGIR.
    Abraço.

  4. Filipe Silva disse...

    Olá.
    Pessoa que arranja que fazer, mesmo quando nada parece que se avizinha para fazer, é alguém que empreende em várias vertentes, na dinamização da vida! É alguém que tem dificuldades em percebe as pessoas que dizem “não tenho nada para fazer!”.
    É o que eu vejo neste blogue, ou na pessoa que o dinamiza.
    Embora eu vá acompanhando este blogue com frequência, por reconhecido valor que o mesmo representa, só hoje, com o reparo de alguém (de ambos conhecida), é que fiquei a saber que existia uma referência à minha pessoa/blogue neste artigo. É uma honra extrema que me dá, e não poderia deixar de agradecer.
    Muito Obrigado.
    É sempre bom saber que o nosso trabalho é reconhecido, ainda para mais por alguém que admiramos o seu valor.
    Abraço,
    Filipe Silva.