Sensatez

Publicada por José Manuel Dias


É sensato ser polido; por conseguinte, é idiotice ser rude. Criar inimigos com a falta desnecessária e propositada de civilidade é insensatez tão grande como pegar fogo à própria casa. Porque a polidez é uma ficha de jogo - uma moeda reconhecidamente falsa, e com a qual é tolice agir com avareza.
O homem de bom senso será generoso ao usá-la...
A cera, substância naturalmente dura e quebradiça, pode tornar-se macia aplicando-se um pouco de calor, adquirindo a forma que mais agradar.
Da mesma maneira, sendo polido e gentil, pode tornar as pessoas dóceis e servis, mesmo que tendam a ser rabugentas e maledicentes. Portanto, a polidez é para a natureza humana o que calor é para a cera.
Arthur Schopenhauer ( 1788-1860)
Ensinamentos velhos de séculos mas de grande actualidade...

6 comentários:

  1. Pedro Melo disse...

    Que post sensato...
    ;)

    Gostei deste cantinho assim que puder farei um link no meu!

    Obrigado pela sua visita!

    Até à proxima!

  2. topas disse...

    Dá que pensar...

    Obrigado pela visita

    http://maistopas.blogspot.com/

  3. migas (miguel araújo) disse...

    Caro José Dias
    Perfeito.
    Não sei se se refere a algo actual.
    Mas este pensamento não tem qualquer tipo de prazo d validade.
    Será sempre actual, em qualquer momento, em qualquer situação.
    É algo, como é óbvio, que partilho e concordo.
    Só, se mo permite, acrescentaria aí a necessidade urgente de não se abandonara a humildade. Não com o sentido de subserviência ou falsa modéstia, mas com o sentido de respeito, sensatez.
    Cumprimentos sensatos e polidos.

  4. Maréchal Ney disse...

    Os arautos modernos diriam:

    Comportamento gera comportamento.

    Até logo José Manuel Dias

    Maréchal Ney

  5. veritas disse...

    Sim, polidez, mas sem abdicar da frontalidade...poder-se-à então falar em frontalidade polida...e relembro" Viver não custa, custa é saber viver!"

    Bjs.

  6. José Manuel Dias disse...

    Muito obrigado pelos vossos comentários.