Poupar ou gastar? Pense por si.

Publicada por José Manuel Dias


Consumismo desenfreado, crédito demasiado fácil, famílias sobreendividadas, economia hipotecada. Lembra-se de todas as lições de moral? Esqueça: agora é preciso que gaste dinheiro. Estes economistas estão loucos.Se quer ajudar a economia, gaste dinheiro. Consuma! Comprar mais um plasma, adquirir um automóvel e jantar fora, se possível duas vezes no mesmo dia, é mais patriótico que apoiar a recandidatura de Durão Barroso. Quem produz precisa de clientes para manter o presente, que diabo!Trata-se de um exagero, claro, mas ilustra a esquizofrenia destes tempos modernos: os macroeconomistas que durante anos avisaram para a irresponsabilidade dos consumos alertam agora para a responsabilidade que as poupanças vão ter nas economias. É como o sal: de mais gera doença, de menos traz insipidez.
Para continuar a ler este artigo imperdível de Pedro Guerreiro, no Jornal de Negócios de hoje, clicar aqui.

1 comentários:

  1. Arabica disse...

    Os 8s e os 80s de uma massa anónima que ainda se confunde entre o ter e o ser...


    Um beijo.

    Bo fim de semana