Missão China

Publicada por José Manuel Dias

O primeiro-ministro, José Sócrates, aproveitou o exemplo de expansão da empresa nacional Ydreams no mercado chinês para sublinhar que Portugal está presente nos sectores de actividade e nas cidades mundiais mais competitivas do mundo.
"Queremos mostrar o Portugal moderno na China, que também tem de ser mais conhecida no nosso país", afirmou José Sócrates, após a apresentação dos produtos tecnológicos para telemóveis da Ymeng - empresa participada pela Ydreams no mercado chinês -, durante uma sessão em Xangai.
Na cerimónia, presidida pelo primeiro-ministro, a Ymeng assinou nove contratos com empresas chinesas e multinacionais para o desenvolvimento de aplicações tecnológicas em telemóveis em áreas como os jogos e a publicidade.
Um dos novos produtos da Ymeng é um jogo para telemóveis em que o futebolista da selecção nacional Cristiano Ronaldo tem que driblar monstros para meter golos, com o qual a empresa luso-chinesa espera facturar cerca de três milhões de euros.
Este é um bom exemplo do modo como se pode tirar partido da notoriedade deste futebolista português que dentro de pouco tempo será eleito como o " Melhor do Mundo". Um contributo importante para a afirmação da nossa economia em terras do oriente.
No final, o primeiro-ministro deixou um presente a representantes das autoridades chinesas que estiveram na sessão: uma camisola da selecção nacional de Cristiano Ronaldo, com o número 17.
Num país em que abunda a contrafacção, o chefe do Governo português fez questão de deixar uma explicação complementar: "é claro que esta camisola está mesmo assinada pelo próprio Cristiano Ronaldo".
Fonte: Jornal de negócios

7 comentários:

  1. MARIA VALADAS disse...

    Como não percebo nada de futebol....não comento!

    Apenas digo...que o o tempo que aqui estou a ler tudo o que escreve...é bom demais!

    Bom fim de semana e

    Um abraço amigo da
    Maria

  2. Cleopatra disse...

    E... qto às afirmações pontapeadas pelo Sr. Ministro da Economia, que me diz??

  3. José Manuel Dias disse...

    Olá Cleopatra!

    O propósito do Ministro era meritório - sublinhar a nossa competitividade - o caminho errado - se suportado nos baixos salários. O PM tentou "corrigir o tiro" fazendo referência ao capital humano mais qualificado que ganha menos que a média da UE mas o "erro" estava feito.
    Nada, no entanto, que justificasse, a meu ver tanto tempo dos Media. Sinal que não distinguem o essencial do acessório.
    Cumps

  4. Cris disse...

    Uma ótima semana pra tí , José Manuel.Em breve farei um texto comentando um filme que gostei muito sobre a competitividade numa empresa norte americana.Claro que lembrei-me de você ..rsrsr . Bj!

  5. Vera disse...

    É importante levar Portugal além mundo, mas parece-me muito mais urgente começar a "levantar" o espírito português...

    Beijinhos

  6. veritas disse...

    O Ministro da economia teve umas declarações inqualificáveis.

    Bjs. Boa semana.

  7. Cleopatra disse...

    "Nada, no entanto, que justificasse, a meu ver tanto tempo dos Media."

    Aqui como noutras coisas ou assuntos!!