Trinta e três anos depois...

Publicada por José Manuel Dias


Portugal mudou muito desde o 25 de Abril de 1974. Mudanças que foram ocorrendo ao longo das últimas décadas sem que se tenha, em muitos casos, uma noção da sua amplitude e profundidade. Alguns dias atrás, numa roda de amigos, alguém perguntou: será que hoje se vive melhor do que se vivia antes da Revolução dos Cravos? Uma pergunta que suscitou várias respostas que entrocaram numa ideia simples. Portugal é hoje um país como os outros ( da Europa ) e não se vive melhor, vive-se muito melhor. É certo que as desigualdades são grandes, mas todas as classes sociais viram aumentar os seus níveis de conforto.
Estas conclusões podem suportar-se em dados objectivos que ainda foram recentemente tratados na série da RTP-1 "Portugal um Retrato Social", da responsabilidade do sociólogo António Barreto. Os vídeos da série podem ser vistos aqui. Um retrato da sociedade e dos portugueses na actualidade. Imperdível.
Atrevemo-nos, entretanto, a seleccionar algumas das mudanças registadas e que tão bem são apresentadas na série. António Barreto compara Portugal de hoje com o dos anos 60, e anota:
1) População: saíram 2,5 milhões mas entraram 1,5 milhão. De um país de emigração Portugal passou para um país de imigração.
2) A esperança de vida conheceu um aumento impressionante: nos homens passou de 60 anos para 74, nas mulheres de 65 para 80.
3) A mortalidade infantil caiu de 80 mortos por mil para quatro por mil. É a quarta taxa mais baixa do Mundo!
4) Há 30 anos apenas 15% das mulheres eram activas, hoje são mais de 50%.
5) A população na agricultura passou de 40% para 5%.
6) As pessoas movimentavam-se pouco. Era tudo muito longe. Com a explosão das infraestruturas, Portugal tornou-se um país pequeno em tempo e espaço.
7) Portugal passou a ter um serviço de saúde universalizado.
8) Generalizou-se o acesso à educação e reduziu-se de forma expressiva o analfabetismo.
9) Universalização da segurança social.
10) Ciclo de melhoria das infra estruturas colectivas (esgotos, água, electricidade, estradas, pontes, etc). As condições de vida melhoraram de forma espectacular.
11) Nas últimas três décadas assistiu-se a uma melhoria expressiva dos padrões de consumo, rendimento e bem estar.

8 comentários:

  1. José Alberto Mostardinha disse...

    Viva:

    E quem contesta esta nova realidade fá-lo de "barriga-cheia".
    Normalmente são os mais inúteis á sociedade.


    Não tendo competência para construírem um futuro melhor para si e para os seus usam da mentira, da calúnia, de todos os mais vis processos para por em causa o que de bom o 25 de Abril trouxe para Portugal.

    Isto para não falar da reforma social que agora todos condenam por ser pequena... até eu acho que é pequena mas... antes do 25 de Abril a reforma era "um pau e um saco".

    As pessoas mais humildes morriam á mingua, sem assitência médica.
    Um verdadeira vergonha nacional.

    Um abraço,

  2. Terra & Sal disse...

    Concordo plenamente com tudo Caro José Manuel Dias.
    Efectivamente desenvolvemos e evoluímos.
    Sem "ganâncias" mas com ambição temos de reconhecer que podíamos mesmo assim, estar muito melhor.
    Somos um povo que temos dificuldade na aculturação, e assim, os "usos" e costumes, a tradição (mesmo má)mantemo-la.
    Mas é indiscutível que melhoramos em tudo.
    Mais vale a "miséria" de agora que a fartura de há 30 ou 40 anos atrás.
    Se é mérito nosso ou da "disciplina Europeia" que "coersivamente" nos obriga a tanto,isso já é outra questão, mas que estamos melhor, mais limpos e asseados, isso é verdade.
    Cumprimentos.

  3. Naty disse...

    Ola vim visitar-te e gostei do que li voltarei.
    bjs naty

  4. CarpeDiemBeHappy disse...

    Concordo com tudo isto. Portugal evoluiu e muito, apesar de achar que poderiamos evoluir ainda mais. É um trabalho que não depende só de nós....
    Melhor assim, do que viver atrofiados por mentalidades retrogradas no meu ver....ainda assim há quem ache que antes dos 25 de abril é que era bom.

  5. Palavras ao vento disse...

    Não gostava de ser o ECo dos amigos que comentaram anteriormente... Mas, Confirmo ... Que concordo com todo o texto. O conteúdo revela a verdadeira história do nosso país!

    Obrigada pelos magnificos textos.

    Maria Valadas

  6. Joana Dalila Santos disse...

    É uma questão que tem muito que se lhe diga. Claro que tudo mudou, mas depois analisando a fundo, há coisas que permanecem exactamente iguais, ou piores ainda. Há coisas que se fazem com uma subtileza incrível. E assustadora.

  7. Carminda Pinho disse...

    Mais palavras para quê?
    Só para deixar um abraço.

  8. veritas disse...

    Vi esses documentários, não perdi um único. Gravei um ou outro quando não podia assistir directamente. A noção que eu tinha do que se passava antes do 25 de Abril era dada por conversas dos meus pais e dos meus avós.

    Bjs. Bom fim-de-semana.